As perguntas que nos movem

E começa 2011! Junto com ele, inicio meu blog. E sobre o que trata esse blog exatamente? Não. Não é especificamente sobre neurônios, sinto informar. A “pauta” do título é a musical mesmo. Este blog trata do meu maior interesse (é, blogs são um tanto egoístas mesmo!), a música e suas implicações nos nossos lindos cérebros. Mais especificamente, do que se vem estudando na área da neurociência a respeito da música. Então, vamos?

Vou começar com a pergunta principal, que pode parecer tola ou inútil: por que escutamos música? Qual seria a função dela nas nossas vidas? Provavelmente, você nunca parou para pensar sobre isso e deve achar essa pergunta um tanto filosófica e… digamos, inútil! Mas, deixe-me explicar… Você conhece alguém que não ouça música ou não tenha contato com ela? Conhece alguém que deteste e não suporte quando alguém toca música? Bom, já sabe aonde quero chegar, não? Vai ser muito complicado encontrar alguém que não tenha um pouco de música em sua vida. Bom, se ela é tão presente nas nossas vidas deve ser essencial à nossa sobrevivência e desempenhar um papel muito importante no nosso dia-a-dia. No entanto, se formos pensar no essencial, chegaremos à brilhante conclusão de que a música não serve para absolutamente NADA! Será mesmo? Não vivemos sem água, comida, ar… Mas, e sem música? Acho que seria possível viver sem ela…

No entanto, será que estaríamos aqui hoje sem ela? Aqui chegamos no ponto exato da questão. E vou ilustrá-la citando um livro interessantíssimo que tive o privilégio de ler. No instigante “The world in six songs – how the musical brain created human nature”, Daniel Levitin, professor da Universidade McGill (Montreal, Canadá), expõe as razões pelas quais ele acredita que a música tenha desempenhado papel fundamental na evolução humana. Para ele, o desenvolvimento do cérebro musical foi importante para o nascimento de habilidades importantíssimas da nossa espécie. De fato, fazer e ouvir música são das atividades mais complexas realizadas pelo ser humano e ativam uma série de áreas do cérebro ao mesmo tempo. Levitin vai além e separa seis tipos de canções importantes na evolução humana: canções de amizade, alegria, consolo, conhecimento, religião e amor. Esses seis tipos seriam responsáveis, cada um por determinadas características caras aos seres humanos atuais. Seguindo essa mesma linha, num artigo de 2009, Steven Mithen (da Universidade de Reading, Reino Unido)  trata do desenvolvimento das habilidades musicais e diz que a capacidade de fazer música levou nossos ancestrais a desenvolverem habilidades sociais necessárias à sobrevivência de grandes grupos. Além disso, Mithen propõe a existência de um tipo primitivo de linguagem, baseado em sons musicais cantados. Segundo ele, a origem da nossa linguagem estaria no canto dos nossos ancestrais neandertais.

Esse é só o começo… Enquanto isso, vamos pensando sobre o que a música faz pelas nossas vidas todos os dias, seja no metrô, no trânsito, num filme, numa propaganda, na igreja, nas salas de concerto, nas casas de show, nas escolas…

Para ler mais sobre o assunto:

Levitin, D. J. The world in six songs. How the musical brain created human nature. Dutton: New York, 2008.

Mithen, S. The music instinct. The evolutionary basis of musicality. Annals of the New York Academy of Sciences, v. 1169, p. 3-12, 2009.

Um link para ilustrar as canções de conhecimento de Levitin. De um grupo de humoristas/músicos… Les Luthiers:

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Giovanna disse:

    Parabéns, Vivi!! Adorei ler os posts sobre música e neurociência. Acredita que ontem mesmo estava eu procurando um blog sobre música pra ler?? Bom, agora encontrei! Você está estudando neuro na pós? Adorei a iniciativa!! Continue postando. Beijos. ; )

    1. Viviane Rocha disse:

      Fico feliz que tenha gostado, Gi!
      Pois é, estou estudando neuro na pós, fazendo mestrado na área de neuro e música… Aos poucos, vou postando coisas sobre o meu trabalho também…
      Obrigada pelo comentário!
      bjo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s